5 pontos essenciais na hora de abrir um negócio

Abrir um negócio parece ser algo bastante complicado… Você quer ser um empreendedor, mas ainda não tem claro em sua cabeça tudo o que precisa saber para que a empresa seja um sucesso. Como se planejar, como lidar com as burocracias, como contratar, como vender… enfim, as dúvidas são inúmeras.

E ter dúvidas é muito normal. Saiba que muitos dos conhecimentos necessários só virão a medida em que você for caminhando para a criação da empresa. É fundamental, portanto, dar o primeiro passo e não desanimar. Aos poucos você vai tendo mais clareza e saberá lidar com as adversidades do negócio.

Não existe uma fórmula mágica, nem milagrosa. Todas as atividades requerem muita determinação e esforço e pode variar de empresa para empresa. Alguns negócios são mais complexos e outros mais simples. Com o intuito de lhe auxiliar nessa jornada, nós dos Protagonistas organizamos 5 pontos essenciais para a criação de um negócio.

Vamos conferir?

1: Tenha a ideia

A primeira coisa a se fazer é desmistificar o fato de que a IDEIA precisa ser a mais incrível e inovadora do mundo, como se ela por si só fosse a garantia de venda. O que vai determinar o sucesso do negócio é muito mais a atitude do empreendedor e como ele vai lidar diante de todas as dificuldades, do que a ideia inicial em si.

Para tornar sua ideia viável é preciso também conhecer o mercado, encontrar o potencial cliente e conhece-lo profundamente para conseguir entregar a ele o produto ideal.

Leve em consideração também a inovação, não no que diz respeito às características tangíveis, mas ao oferecimento do produto, aos processos, à comunicação. Enfim, pense diferente e entregue algo exclusivamente seu e tenha um verdadeiro diferencial competitivo.

Como você ainda está no começo, é preciso também ser realista. Ou seja, descarte ideias inviáveis que, neste momento têm maior risco de não dar certo, ou então aquelas ideias cujo macro ambiente não as favorecem.

2: Defina a meta para inaugurar a empresa

O segundo passo diz respeito a onde e quando você deseja chegar lá, ou seja, quando a empresa será inaugurada. Quando você tem um ponto de chegada, fica mais fácil pensar e estruturar o caminho e os recursos necessários para alcançar o objetivo.

Este é um passo que muitas pessoas não se preocupam tanto e, quando se dão conta, o tempo vai passando e a empresa ainda não iniciou as atividades. Mesmo que haja um atraso é preciso ter clareza das razões e como corrigir o processo para minimizar o erros.

Defina uma meta realista, para não se frustrar, mas ao mesmo tempo audaciosa, para criar em você o senso de desafio.

3: Planeje o Negócio

O planejamento é fundamental na criação de uma empresa. É neste momento que você fará um estudo da viabilidade e as estratégias para alcançar o que você idealizou em princípio. Aqui você deverá responder algumas perguntas essenciais:

  • Qual o tamanho do mercado?
  • Quais são os concorrentes?
  • Quais os recursos necessários?
  • Como se comunicar com os clientes?
  • Como se diferenciar aos olhos dos clientes?

É importante que todo o planejamento esteja escrito e visível, para que você sempre tenha acesso a ele de forma rápida e fácil.

Para isso, Marcelo Pimenta sugere a utilização do Canvas do Modelo de Negócios, que permite aos empreendedores uma definição de modelo de negócio de sua empresa e visualizá-la de forma sistêmica, integrada, rápida e visual. Além de integrar percepções sobre como a empresa pode/deve atuar. A Endeavor disponibiliza um conteúdo gratuito com a ferramenta e a explicação da utilização. Faça o download gratuitamente!

4: Execute

A execução não pode esperar. Ao passo que você já teve a ideia, já definiu a meta e já fez o planejamento do negócio, chegou a hora de executar!

Assegure-se de que tudo está preparado para receber os clientes desde as instalações, aos recursos humanos, às estruturas de comunicação (telefones, emails), quando aplicáveis.

É também importante que inicie o processo de promoção da empresa, se já não tenha iniciado anteriormente. Deverá ainda motivar os seus colaboradores para o início de atividade, dar indicações precisas daquilo que se espera e dos objetivos a atingir. É também o momento de contatar os fornecedores (e outros parceiros) e definir prazos.

Saiba que neste início será preciso ter um valor para custear o funcionamento da empresa até que ela comece a faturar.

Coloque a casa em ordem e bons negócios.

5: Defina as próximas metas

A empresa está funcionando e gerando os primeiros resultados? A meta não pára por aí. Como a vida do empreendedor é um constante desafio, defina as próximas metas e cumpra o planejamento, como feito anteriormente. Só assim você terá um empresa viva e que busca constantemente se inovar e criar novos diferenciais competitivos. Não se acomode!

Em uma das transmissões da Paola Tucunduva, ela falou sobre os principais passos para começar a empreender. Confira!

Sabia que Marcelo Pimenta e Paola Tucunduva podem ajudar você a criar a sua empresa do zero? Por meio da Academia do Protagonista de Sucesso você tem o passo a passo de como criar um negócio lucrativo e inovador. Conheça e faça parte!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *