Gestão Ágil de Projetos: Como aplicar em sua empresa?

O jeito de gerenciar projetos vem se transformando, pois tudo está mudando rapidamente. É preciso gerenciar expectativas cada vez maiores, em prazos cada vez mais curtos. O que foi planejado, muitas vezes não atende mais às necessidades, pois o cenário mudou.

Recursos escassos, exigência de resultados, profissionais pouco preparados, orçamento restrito… Como atender a tudo isso? Esta é a promessa da Gestão Ágil de Projetos.

Neste 2º episódio do MENTALIDADE PROTAGONISTA você entende como a gestão de projetos tem mudado em consonância com a nova realidade dentro das empresas.

Quando precisamos de um projeto?

Um projeto se faz necessário sempre que você precisa sair de uma situação atual e chegar a outra, ou seja, está diretamente atrelado ao objetivo que pretende alcançar dentro de um espaço de tempo. Pode ser realizado para a construção de uma casa, para o desenvolvimento de um website, dentre outras inúmeras razões.

Fatores que interferem nos projetos de hoje

Já não dá mais para pensar em projetos sem levar em consideração às transformações que enfrentamos hoje e como a tecnologia e o novo perfil do consumidor influencia no modo como as empresas gerem suas atividades. Esses são alguns fatores que interferem diretamente na gestão de projetos.

  • O cidadão conectado em rede
  • Startups e os novos modelos de negócio
  • Propósito Lowsumerism (Menos é mais)
  • Experiência e colaboração

Por isso, cada vez mais é preciso repensar e criar projetos centrados no cliente e isso é muito desafiador. Os projetos precisam estar em sintonia com a realidade do negócio de forma rápida e dinâmica.

E-book Mapa do Protagonista de Sucesso

Como aplicar em sua empresa?

Para que uma empresa aplique a Gestão Ágil de Projetos é preciso compreender os novos conceitos e abordagens e proporcionar um ambiente em que os processos estejam cada vez mais interligados e com foco no cliente. A seguir veja uma comparação desenvolvida por Marcelo Pimenta em que exemplifica o novo modo de gerir projetos:

ENTENDER
Antigo: Pesquisa de Mercado
Atual: Design Thinking

Para entender o cliente e o mercado, antes as empresas contavam exclusivamente com pesquisas complexas. Hoje o Design Thinking oferece uma série de passos e ferramentas que dão ao empresário conhecimento realista e dinâmico em seus projetos.

EQUIPES
Antigo: Hierárquicas
Atual: Auto-gerenciadas

A antiga hierarquia vertical nas empresas dá lugar para equipes autônomas, com características e desafios próprios.

TAMANHO DO TIME
Antigo: Que for necessário
Atual: Que possam comer 2 pizzas

A analogia das 2 pizzas mostra que os times estão cada vez mais enxutos responsáveis por áreas específicas.

ESTRUTURA
Antigo: Departamentos
Atual: Squads

Consequentemente, as estruturas das empresas são diferentes nos tempos atuais. O que antes chamávamos de setor ou departamentos, hoje consideramos como squads (uma referência às tropas em batalha). Os squads são separados não pela tarefa, mas sim pelo objetivo e etapa de relacionamento com o cliente, por exemplo, um squad de Aquisição de Clientes, pode conter profissionais de TI, de Marketing, de Financeiro, dentre outros.

PLANEJAMENTO
Antigo: Waterfall/Cascata
Atual: Scrum/Projetos Ágeis

Como apoio no planejamento dos projetos, existem metodologias capazes de auxiliar a empresa com abordagem ágil, como por exemplo, o Scrum.

EXECUÇÃO
Antigo: Cronograma completo
Atual: Sprints

No modelo antigo a execução se baseava em períodos longos até que se considerasse o objetivo final. Atualmente vê-se a execução como corridas curtas que precisam de resultados rápidos e com adaptações durante esse percurso.

ACOMPANHAMENTO
Antigo: Periódico
Atual: Diário

Justamente devido ao fato da execução ser mais rápida e ter a possibilidade de adequações durante o processo, o acompanhamento precisa ser feito diariamente, pois se houver algum erro, a correção pode ser feita instantaneamente e não há perda de tempo e investimento.

MÉTRICAS DE SUCESSO
Antigo: Finalização do projeto
Atual: Atingimento dos resultados

As métricas de sucesso do projeto, hoje, estão relacionadas à vários resultados e não somente a um. Ou seja, haverá mais indicadores que influenciarão na consideração final sobre o desempenho das equipes.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe e acompanhe os Protagonistas nas redes sociais:

Instagram

Linkedin

Youtube

Facebook

 

*O encontro inteiro é exclusivo para os Protagonistas. Faça parte você também desse grupo seleto de empreendedores que estão alavancando seus negócios com foco, meta e muito trabalho.

Como funciona?

Todas as terças-feiras, há o encontro ao vivo com os Protagonistas que fazem parte do Programa de Aceleração.

Parte desse conteúdo será compartilhado todas as quintas-feiras GRATUITAMENTE para todos que se interessem pelo tema nos seguintes meios:

  • Blog – Mentalidade Empreendedora (Aqui mesmo)
  • Sites Parceiros

Quer participar dos encontros completos?

Entre agora para o programa e faça parte do grupo VIP de empreendedores que estão alavancando seus negócios. Além de participar dos encontros completos, os assinantes também contam com a mentoria de Paola Tucunduva e Marcelo Pimenta na realidade de seu negócio. Sem contar que você também tem acesso a todo o acervo dos encontros anteriores.

Veja aqui os próximos encontros e se programe para estar presente neles ao vivo e fazer perguntas aos especialistas:

22/02 – Tema: Gestão de Equipes de Vendas. Convidado: Bruno Carvalho, do IEV (Instituto de Especialização em Vendas)

FAÇA PARTE DOS PROTAGONISTAS!

 

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] Confira o conteúdo do encontro anterior: Gestão Ágil de Projetos #2 […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *